quinta-feira, 17 de maio de 2007

Pessoas fisgadas pelo cigarro

Mais uma campanha anti-tabagista que está dando o que falar. E já que é tão comentada por aí, não poderíamos deixar isso passar em branco por aqui, nesse nosso singelo e cada vez mais visitado sanatório de loucos e criativos publicitários.

Para quem ainda não viu, essa é uma campanha do Governo britânico muito contestada na Europa. Um dos motivos foi o fato dela ter sido considerada inadequada pela agência que controla a publicidade naquele país, alegando que esse tipo de material pode perturbar as crianças. Não discordo disso, pois as imagens são realmente fortes, mostrando a bochecha das pessoas perfuradas por anzóis. No filme, as pessoas são fisgadas repentinamente, fazendo um clara referência ao poder incontrolável que o cigarro exerce sobre os fumantes.

Segundo um porta-voz do Departamento de Saúde Britânico, a campanha foi desenvolvida com profissionais de saúde e fumantes e não tinha como objetivo provocar perturbações. Mesmo assim, a propaganda gerou incríveis 1.671 reclamações. Em contrapartida, desde o lançamento da campanha, mais de 820 mil pessoas entraram em contato com o serviço de ajuda para quem quer largar o cigarro.

Eu tenho um posicionamento bem definido nesses casos, penso que sempre que a publicidade de conscientização gera tamanha polêmica, como é o caso, a função principal que ela deveria exercer sobre seu público-alvo é absurdamente otimizada - e isso, de uma forma geral é positiva, muito positiva.

2 comentários:

Thaiza Nacaxe disse...

Ótimo vídeo.

As crianças de hoje em dia estão mais do que acostumadas com "imagens chocantes!

Apoiado.

Cristina Wiegert disse...

Minha opinião é a seguinte:

O objetivo foi atingindo, não é?! foi! pois as pessoas após verem a circulação desta propaganda passaram a buscar ajuda... só por este quesito já esta valendo a pena! quanto as crianças, concordo com a Thaiza que a criançada de hoje em dia vê coisa muito pior que isso, é e bom para elas deste pequenas irem entendo o mal que o cigarro provoca e qdo jovens/adultas ficarem bem longe dele! propaganda 100% apoiada!.

OBS.: Tenho certeza que quem não gostou são aqueles fumantes ignorantes que ainda acham que estão certos e querem buscar um subterfúgio para criticar a propaganda bem bolada nas "crianças".