segunda-feira, 13 de outubro de 2008

(Quase) nada se cria | 59

Você já assistiu ao filme "Mais estranho que a ficção"?
Você se lembra dos primeiros três minutos do filme?
Você já assistiu ao novo comercial da UNIC criado pela FCS?

Se sua resposta foi um triplo "sim", você está contextualizado com o que vou dizer. Caso não, assista aos filmes no fim do post antes de continuar lendo.

Não vou de forma alguma cometer o pecado de insinuar que o comercial em questão é mais um daqueles que fazem jus ao título dessa categoria. Primeiro porque não é uma cópia de outro comercial. Segundo porque a idéia tem mais sentido na propagada do que no filme (na minha singela opinião). E terceiro, porque quem assina é nada mais nada menos do que a FCS - e por deus ! - Quem conhece a FCS sabe que os caras são um poço de criatividade.

Sendo assim, pela primeira vez na história desse blog posso dizer que isso NÃO é uma chupada. É sim um belo exemplo do porquê profissionais de comunicação não devem ficar ligados apenas ao universo da propaganda. Estou me referindo ao importante talento de captar idéias no cinema, nas artes, na música e de uma forma oportuna, aplicar na publicidade.

Dessa forma, o que esse blogueiro que vos escreve tem a dizer é: Parabéns FCS ! Como bom cuiabano que me tornei, tenho orgulho dessa baita agência ser daqui.


Abertura do filme "Mais estranho que a ficção"



Novo comercial do Vestibular UNIC

3 comentários:

Anônimo disse...

Desculpa cara...mas não vi nada de construtivo nesse post...se a sua intenção foi dar os parabéns a agência...

Wilson Rocha.
Blog Varal

Luciano Marino disse...

Wilson, penso que de construtivo sempre tira-se algo, mesmo que seja um bom exemplo do que não fazer. Sinceramente não creio que seja o caso desse post, e como escrevi, se inspirar em outras artes para criar na propaganda é algo que eu gosto de observar.
O fato das pessoas não terem categoricamente a mesma opinião é um dos motivos que me faz alimentar um blog.
Obrigado pela opinião.
Gostei do seu blog. Tomei a liberdade de inclui-lo em meus favoritos.
Um grande abraço.

Luciano Marino

Anônimo disse...

Bom... a introdução do filme... foi uma referencia de efeito... mas o conceito... que é o principal... esse sim foi chupado nervooooooso da Mackenzie que ganhou Cannes em 2006...

mas... Parabéns... ficou show a campanha... mesmo sendo chupada