quinta-feira, 30 de abril de 2009

Filme com publicitário: Se Eu Fosse Você

Links para esta postagem
O segundo filme da série “Filme com publicitário” lembra do popular “Se Eu Fosse Você”. Recordista de bilheteria em 2006, a produção dirigida por Daniel Filho fala da troca de personalidades entre o publicitário Cláudio (Tony Ramos ) e sua esposa, a professora de música Helena (Glória Pires).

Na história, Cláudio é dono de sua própria agência no Rio de Janeiro. Acostumado a prêmios e reconhecimento por seu talento criativo, vê-se pressionado pelo sócio Marcos (Thiago Lacerda) a vender a agência para um grupo de comunicação de São Paulo. Obviamente esse não é o cerne do roteiro, mas é o que mais nos interessa.

A apresentação de uma campanha para uma marca de lingeries tem grande destaque dentro da história, e mostra como um bom publicitário deve conhecer o universo do seu público na hora de construir um bom conceito. O mais legal do roteiro é que a troca de personalidades entre o casal facilita esse entendimento, e quem acaba apresentando a ideia é Helena no corpo de Cláudio.

Um ponto que eu não gostei foi como é colocado a importância da premiação no meio publicitário – também não sei como é o mercado no Rio de Janeiro – mas minha opinião sobre o culto ao prêmio é bem clara. Não acho que é algo que deva ser venerado a ponto dessa consequência ter mais importância do que os resultados do cliente. Mesmo que muito anunciantes optem por agências premiadas, achei que o filme aumenta a fama de que publicitário tem o maior ego do mundo.

Elenco:
Glória Pires | Helena / Cláudio
Tony Ramos | Cláudio / Helena
Lavínia Vlasak | Bárbara
Thiago Lacerda | Marcos
Glória Menezes | Vivinha
Danielle Winits | Cibelle
Lara Rodrigues | Bia
Patrícia Pillar | Dra. Cris
Maria Gladys | Cida
Ary Fontoura | Padre
Helena Fernandes | Débora
Maria Ceiça | Márcia
Leandro Hassum | Maurício
Carla Daniel | Regina
Marcela Muniz | Marília
Antônia Frering | Tereza
Jorge Fernando | Ufólogo
Thomas Morkos | Cauê
Dennis Carvalho | Arnaldo
Daniel Filho | Homem no banheiro

Título original: Se Eu Fosse Você
Direção: Daniel Filho
Gênero: Comédia
Origem: Brasil
Ano: 2006
Duração: 108 minutos
Estúdio: Globo Filmes
Trailer: clique aqui
Site: clique aqui

:: Nota do blogueiro: 8.5
Por quê? A comédia não perde o fôlego com as cenas inusitadas. Ainda assim, achei que a Glória Pires interpreta melhor o papel de homem do que o Tony Ramos o papel de mulher. Vale lembrar que não é qualquer filme nacional que leva mais de 3,6 milhões de pessoas aos cinemas.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Nada se cria | 88

Links para esta postagem
Free Image Hosting
Racco
Agência: ByVivas Curitiba
País: Brasil
Data: Fev/2008

Free Image Hosting
Unilever
Agência: Ogilvy Asia Pacific
País: China
Data: Mai/2008

Free Image Hosting
Procter & Gamble
Agência: Saatchi & Saatchi
País: Singapura
Data: Set/2008

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Zôo Sáfari: Espiadinha

Links para esta postagem
Free Image Hosting

Essa é uma ótima oportunidade para adesivar o pára-brisa de um carro baseando-se em um bom propósito. O marketing direto criado pela DM9DDB é do Zôo Sáfari – um parque zoológico localizado em São Paulo numa área de 824.529 m² de Mata Atlântica original, com 4 quilômetros de alamedas. O curioso é que fui a São Paulo recentemente e fiquei hospedado exatamente ao lado desse parque, que tem mais de 3.200 animais.

O adesivo eletrostático tem o objetivo de transmitir a sensação selvagem ao visitar o diferenciado zoológico. Nele, os 1,6 milhões de visitantes anuais podem passear de carro entre os animais, como se estivessem num safári mesmo. No texto lê-se: “De perto, sem grades. Mais diversão”.

Fontes: Wikipédia e CCSP

Nada se cria | 87

Links para esta postagem
Free Image Hosting
Shout
Agência: Giovanni+DraftFCB
País: Brasil
Data: Mar/2009

Free Image Hosting
Brastemp
Agência: DM9DDB
País: Brasil
Data: Abr/2009

sábado, 25 de abril de 2009

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Gatorade: os segredos de um recorde

Links para esta postagem
Qual é o segredo de um recorde? A pergunta é facilmente explicada pelos geniais filmes da Gatorade que estão bombando na rede. Criados pela AlmapBBDO, “Wolfgang” já foi visto por mais de 80 mil pessoas no site estadunidense Metacafe.com e aproximadamente 130 mil no Youtube (até o horário de publicação desse post).

Já o segundo vídeo - que dá ainda mais sentido ao primeiro - revela o segredo que está por trás do recorde do nadador desconhecido: o manivelofilista Wolfgang Meureer. Vale conferir o site que explica os detalhes dessa estranha modalidade esportiva: http://www.worldrecordsecret.com/


:: Parte 1


:: Parte 2

Fonte: CCSP

Shopping UOL

Links para esta postagem
A BorghiErh/Lowe criou essas eficientes peças para o Shopping UOL com o objetivo de vender o grande diferencial de quem compra pela Internet. Basicamente, o cara que senta na frente do computador e pesquisa sobre um tênis ou câmera, já foi a loja, experimentou o produto, pegou na mão e sentiu a qualidade do modelo. Além de credibilidade – é claro – a Internet vende o "P" de preço, e nada melhor para representar preço do que etiquetas iguais a essas que têm nas vitrines das lojas. Por essas e outras, achei as peças muito bem colocadas.

Free Image Hosting

Free Image Hosting

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Filme com publicitário: Doce Novembro

Links para esta postagem
Sempre que um post é publicado nesse singelo sanatório, logo o classifico em alguma categoria – quem passeia por aqui regularmente já deve ter notado isso. Pois bem, a partir de hoje uma nova seção nos acompanhará, e dessa vez, fugirei um pouco do assunto publicidade – mas nem tanto.

A ideia é bem simples, pelo menos uma vez por mês vou comentar (bem superficialmente, é claro) sobre filmes que citam a nossa nobre profissão de publicitários – não importando muito o gênero, estilo ou orçamento. Repito: não esperem uma análise crítica de um bom cinéfilo, para isso indico o excelente blog do meu amigo Tiago Motta - http://paradacritica.blogspot.com/. Esse que vos escreve se aterá a passar uma opinião muito menos criteriosa.

E para começar, o filme escolhido é o sucesso de crítica “Doce Novembro”. Estrelado por Keanu Reeves, a história conta a vida de Nelson Moss, um publicitário e workaholic que vive em Nova Iorque. Viciado em trabalho, Nelson é um criativo extremamente prestigiado no meio onde vive. Ele conhece Sara Deever por acaso e durante um mês de novembro, descobre prazeres que não existiam em sua frenética vida recheada de campanhas publicitárias de sucesso.

Uma cena em especial é ótima e realmente chama a atenção dos publicitários que assistem ao filme. Nelson assiste a vários canais de televisão enquanto se exercita em seu luxuoso apartamento, sai da esteira com uma toalha entrelaçando o pescoço, abre o micro-ondas, espeta uma salsicha com o garfo e se esforça para ter uma boa ideia para a próxima campanha. Sua reação mostra toda a essência que deveria ter um legítimo processo criativo.

Remake de 1968, Doce Novembro classifica os publicitários como pessoas alternativas, como é o caso de Chaz Watley, personagem drag queen e diretor de criação venerado pelos colegas. Arrogância, ambição e jogo de poderes ajudam a decodificar nossa classe. Porém, apesar do roteiro se perder ao longo da história, é um filme light que tenta nos fazer rir e chorar com apelos antigos.

Elenco:
Keanu Reeves | Nelson Moss
Charlize Theron | Sara Deever
Jason Isaacs | Chaz Watley
Greg Germann | Vince Holland
Liam Aiken | Abner
Robert Joy | Raeford Dunne
Lauren Graham | Angelica
Michael Rosenbaum | Brandon / Brandy
Frank Langella | Edgar Price
Jason Kravits | Manny

Título original: Sweet November
Direção: Pat O'Connor
Gênero: Drama
Origem: Estados Unidos
Ano: 2001
Duração: 119 minutos
Distribuição: Warner Bros
Trailer: clique aqui
Site: clique aqui

:: Nota do blogueiro: 8.0
Por quê? Achei o apelo à doença meio forçado, também não é a melhor atuação de Keanu Reeves e em algumas cenas, os argumentos são bobos e típicos de uma cultura fútil como a dos Estados Unidos.

Nada se cria | 86

Links para esta postagem
Eu já acho aqueles hot rods uma completa falta de criatividade sobre quatro rodas. Quando encontro quatro anúncios idênticos do mesmo segmento então, posso dizer que trata-se de um perfeito show de horrores.

Free Image Hosting
Jeep Chrysler
Agência: Bozell Woldwide
País: Estados Unidos
Ano: 1998

Free Image Hosting
Land Rover Defender
Agência: TBWA Hunt Lascaris
País: África do Sul
Ano: 2000

Free Image Hosting
Lexus RX 330
Agência: Saatchi & Saatchi
País: Austrália
Ano: 2004

Free Image Hosting
Volkswagen Touareg R50
Agência: DDB Hong Kong
País: China
Ano: 2009

sexta-feira, 17 de abril de 2009

CREA-GO. Planeta água.

Links para esta postagem
A Pagú Propaganda, de Goiânia, criou essa simples e eficiente peça para a CREA-GO. É um apelo diferente para um problema antigo. Reparem que a tipologia está em harmonia com o tom avermelhado da imagem. Agora, se você ainda ainda não se deu conta do tamanho do problema que vem pela frente, aí vão algumas estatísticas:

:: A utilização média diária de água no Brasil, assim como nos Estados Unidos e Argentina, é de cerca de 150 litros por habitante.

:: Todos os anos 1,5 milhões de pessoas morrem por falta de água, 90% das quais crianças com menos de 5 anos de idade.

:: Todos os anos 10 milhões de pessoas morrem, metade com menos de 18 anos, com doenças que não existiriam se a água fosse ministrada.

:: Prevê-se que muito em breve, a falta de água seja motivo de inúmeros conflitos e guerras entre nações.

:: O mercado de água engarrafada no mundo representa um volume de 89 bilhões de litros e está estimado em um valor de 25 bilhões de euros.

:: 75% do mercado é dominado por produtores e empresas locais.

:: Mais de metade (59%) da água engarrafada bebida no mundo é água purificada, os restantes (41%) consomem água de mina ou mineral.

:: Enquanto a água engarrafada se origina em fontes protegidas, como por exemplo aquíferos no subsolo e nascentes, a água de torneira vem sobretudo de rios e lagos.

Free Image Hosting
Fonte: Wikipédia

Nada se cria | 85

Links para esta postagem
Free Image Hosting
Mercedes SLK Cabrio
Agência: Z Publicidade
País: Portugal
Ano: 2000

Free Image Hosting
SEAT Leon Cupra
Agência: Desconhecida
País: Desconhecido
Ano: 2002

Free Image Hosting
BMW
Agência: Jung Von Matt Alster
País: Alemanha
Ano: 2004

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Audi vs. BMW

Links para esta postagem
As gigantes Audi e BMW travaram recentemente um duelo interessante no meio publicitário. Painéis na avenida Califórnia tornaram-se verdadeiras peças de xadrez onde venceria quem fosse invariavelmente criativo.

Tudo começou com uma provocação do novo Audi A4 que veiculou uma série de outdoors convidando a rival a desafiá-la: "Your move, BMW" - Sua vez, BMW - era o que se lia no painel da marca das quatro argolas. E a resposta dada pela BMW veio com um brilhante e simples "Checkmate".

Criada pela agência Juggernault, a medida do painel da BMW é maior e o layout mais imponente. Ainda assim, minha opinião é bem convicta: vitória para os dois lados.

:: Veja abaixo a montagem do painel da BMW.


Fonte: Comunique9

As aventuras de Mário, o publicitário

Links para esta postagem
Free Image Hosting

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Propagandas que embalaram minha infância: Passatempo

Links para esta postagem
“Quero que o tempo passe, que o tempo, tempo passe e todo mundo ta querendo. Quero passatempo, passa, passatempo o tempo passa e todo mundo está comendo." E quem não se lembra desse nostálgico jingle acompanhado por um dos comerciais mais marcantes dos anos 90?! A assinatura também era igualmente simples e fantástica: é São Luiz é Nestlé!

Segundo o site da Nestlé, a principal marca da categoria de biscoitos foi adotada a partir de 1992, Passatempo nasce para substituir a marca Divertidos lançada em 1986 por São Luiz da Nestlé. Foi a pioneira em explorar o universo infantil, inicialmente com Snoopy e posteriormente com personagens notórios do mundo Disney e, atualmente, por meio de seus próprios personagens, sempre coloridos no próprio biscoito.

Até 1997 foi líder de mercado, com alto investimento em comunicação, sendo a única marca a atuar para o público infantil. Desde o lançamento, a proposta básica era conectar os universos fun e food tendo como preocupação sensibilizar equilibradamente crianças e mães.

Após longos anos sem comunicação, mudando o cenário de liderança para o concorrente, Passatempo volta a comunicar na mídia em 2004 junto a Promoção de Linha com seus personagens tendo Olimpíadas como tema.

O curioso ao rever filmes assim é compreender como a forma de se fazer propaganda no Brasil mudou. Aquele humor inocente deu lugar a atuações cada vez mais profissionais adicionados a efeitos cada vez menos realistas. Eu realmente não gosto mas entendo alguns motivos.

Lendo o excepcional blog Quem matou a Tangerina, do parceiro Fred Fagundes, entendemos porque muita coisa mudou. Como ele bem escreveu, o mundo cresceu e cansou de certos padrões de popularidade. O culto ao estereótipo, infelizmente, foi uma das piores invenções do ser humano.

Eu sei também que, daqui há alguns anos, os comerciais que enfeitam os intervalos nas tevês, rádios e até mesmo as ações virais, serão lembradas como perfeitos exemplos do que era considerado bom. A única diferença é que tudo acontece com muito mais rapidez. Como disse certa vez Mario de Andrade, "Sou 300, sou 350 / Um dia quem sabe toparei comigo".

terça-feira, 14 de abril de 2009

O triste caso do novo KIA Soul

Links para esta postagem
A Publicis, de Toronto Canadá, criou essa campanha para o novo Soul, da KIA. A princípio, bem a princípio, os filmes agradam – principalmente o primeiro da lista – mas os demais perdem fôlego a ideia fica meramente inchada. Também achei ruim abordar apenas situações violentas como sequestro e assalto. O mesmo apelo poderia perfeitamente ter uma conotação mais simpática. Ainda assim estamos diante de uma forma original e ousada de vender carros, pelo menos eu acho. Isso não quer dizer necessariamente que ousadia e originalidade compensam falta de criatividade. Para concatenar melhor o raciocínio, vamos às definições:

Criatividade
1. Filol. Função da inteligência humana que torna o homem superior ao que ele mesmo cria.
2. Personalidade criadora insuperável própria do homem.

Originalidade
1. Qualidade de original.
2. Excentricidade.

Ousadia
1. Ação ou qualidade de ousado.
2. Audácia louvável, arrojo, atrevimento (a má parte).

Costumo dizer que um filme precisa de um bom motivo para ter mais que 30 segundos. Sendo assim, novamente critico os comerciais abaixo. Para ser bom, não basta que o vídeo revele o produto apenas no final com uma assinatura meramente simplista. Sendo mais sincero ainda, nem sei por que diabos resolvi comentar sobre esse lixo.


::Well


::Mobsters


::Cabin

Fonte: Ads of the World

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Guerrilha para a Fundação Tênis

Links para esta postagem
Free Image Hosting

Novamente cito uma bela ação de guerrilha envolvendo o esporte que popularizou-se no Brasil graças a um certo manezinho da ilha. Diferentemente do objetivo daquela ação (reveja aqui) que sugeria como aprender a jogar, a razão de existir dessa ideia é mostrar que através do nobre esporte, é possível tirar crianças das ruas.

Os garotos, após fazerem os malabares, entregavam as bolinhas de tênis com a seguinte mensagem: “O tênis pode tirar muitas crianças das ruas. Fundação Tênis www.fundacaotenis.org.br. Acesse e participe”. Assinada pela agência Escala, a ação realizada nas ruas de Porto Alegre entregou aproximadamente 800 bolinhas.

Free Image Hosting

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Nada se cria | 84

Links para esta postagem
Eu não gosto muito de postar no Nada se cria quando trata-se do mesmo anunciante. Ainda que sejam épocas, agências e lugares diferentes, a comparação entre as peças não é a mesma coisa. De qualquer forma, vale a pena conferir a ideia dos bancos de chocolates.

Free Image Hosting
Nestlé
Agência: Desconhenida
País: Desconhenido
Ano: 2005

Free Image Hosting
Nestlé
Agência: JWT Londres
País: Reino Unido
Ano: 2008

quinta-feira, 9 de abril de 2009

WWF: Pulmões

Links para esta postagem
Ótima peça da famosa ONG ambientalista WWF - Worldwide Fund for Nature. Criada pela agência TBWA\Paris, o anúncio é simples, original e insuportavelmente objetivo. No minúsculo título lê-se: Before it's too late. | Antes que seja tarde demais.

Free Image Hosting

terça-feira, 7 de abril de 2009

Recesso

Links para esta postagem
Esse blogueiro embarca daqui a pouco para São Paulo onde ficará até o próximo domingo (12.04). Por isso, se nada for publicado nesse simpático sanatório, entenda que é porque estou longe dos meus domínios - ainda assim, prevejo que não conseguirei ficar cinco dias off-line.

Vitrine Ao Vivo do Pantanal Shopping

Links para esta postagem
Visando divulgar as mais de 50 marcas exclusivas do Pantanal Shopping, a sempre criativa FCS criou e executou uma pertinente ação de guerrilha aqui em Cuiabá. A ideia consistiu basicamente em uma vitrine de 3x2m com um casal de modelos vestidos pelo estilista Edson Guilherme.

Na última sexta-feira (03.04) a Vitrine Ao Vivo foi realizada na Praça Popular, próximo do bar Patriota. A vitrine foi instalada num ponto estratégico para quem estivesse no bar e desse aquela típica “volta na praça” de carro. A reação do público foi de curiosidade e - principalmente - euforia quando os modelos trocaram de roupa dentro da vitrine.

Já a praça Santos Dumont foi o local escolhido para a divulgação no sábado. Dessa vez, o grande diferencial foi a interação de quem passava de carro e a pé. Centenas de pessoas interagiram com os modelos, seja elogiando as roupas, tirando fotos e até pedindo o telefone. A Vitrine Ao Vivo tornou-se uma atração a mais para quem aproveitava a noite no Getúlio.

Para fechar o final de semana, a FCS levou a atração para o centro do Pantanal Shopping. Antes mesmo do início, somente com a montagem da estrutura, muitos curiosos se aglomeravam. Quando o DJ deu início aos trabalhos e os modelos surgiram vestindo o público pode curtir os destaques da coleção outono/inverno 2009.



Mais no site: http://www.vitrineaovivo.com.br

Fotos: http://www.flickr.com/photos/vitrineaovivo/

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Revista Brasileiros. Novos mundos.

Links para esta postagem
O presidente da DM9DDB, Sérgio Valente, empenhou-se pessoalmente na criação da primeira grande campanha feita pela agência para a Revista Brasileiros. Composta por um anúncio sequencial de 10 páginas e de um filme para mídias alternativas, as peças recriam o mapa-múndi sob cinco perspectivas geopolíticas diferentes: petróleo, emissão de CO², terrorismo, pirataria e fome.

“A Revista Brasileiros apresenta, em cada edição, detalhes de um mundo com tantas facetas, com tantas realidades diferentes que começamos a questionar a ideia de um mapa-múndi único” afirma Sérgio Valente. “Essa campanha propõe uma reflexão sobre essas diversas realidades e questiona o jeito convencional de entender e se relacionar com o mundo”, completa.

Na sequência impressa, o mapa é distorcido de forma que as regiões mudam de tamanho de acordo com a relevância do tema tratado. Assim no mapa do petróleo, o Oriente Médio ganha dimensões superlativas enquanto a Oceania torna-se quase invisível. No mapa em que o tema é a emissão de CO², são os Estados Unidos que aparecem em dimensões gigantes e quando o assunto é fome é a vez da África se sobressair enquanto a Europa quase não é vista.

O filme segue a mesma linha. Usando de técnicas de animação, a equipe de cinema da própria agência se encarregou de trabalhar as imagens redesenhando o mundo de acordo com o tema tratado. A trilha instrumental dá a dramaticidade que a peça pede e a assinatura amarra o anúncio, posicionando o produto: “Para conhecer profundamente o mundo, você precisa entender cada um deles. Revista Brasileiros, entenda profundamente”.



Free Image Hosting

Free Image Hosting

Free Image Hosting

Free Image Hosting

Free Image Hosting

As aventuras de Mário, o publicitário

Links para esta postagem

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Mais polêmico do que criativo | 21

Links para esta postagem
Parece piada, mas novamente aqui estou criticando um filme da campanha “Das Auto”, da Volkswagen (Relembre aqui). Pelo menos dessa vez não estou sozinho, já que mais de 1.000 reclamações foram direcionadas ao filme de um novo modelo do Golf. Veiculado na Inglaterra, o comercial foi inspirado nos filmes Bourne e Matrix, e teve sua exibição proibida antes das 21h naquele país.

É sabido que as propagandas polêmicas são tradicionais em território inglês, e esse filme específico já ocupa um honroso 5º lugar entre os mais rejeitados pelos ingleses. A queixa do público – incluindo esse que vos escreve – é pelo excesso de violência nas cenas em que um engenheiro da Volkswagen luta contra vários clones de si mesmo.

Então a única pergunta que me faço é: Será mesmo necessário cultuar isso numa época em que discutimos a invasão americana no Iraque e os constantes conflitos na Faixa de Gaza? Pode parecer exagero, mas não é. Ninguém precisa vender um produto falando de violência, já basta o cinema e a indústria de games que o fazem com extrema maestria.

Lembro bem que fiz uma crítica parecida no comercial da Snickers (aqui). Por outro lado, elogiei esse da ONG stayout.ca contra a violência urbana (aqui). Sendo assim, fica mais esse registro em nossa galeria.



Fonte: Varal

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Roy Castle Lung Cancer Foundation

Links para esta postagem
Boa peça criada pela CHI Partners, de Londres para a Roy Castle Lung Cancer Foundation. E insisto nesse assunto porque acho que esse tipo de apelo nunca é demais.

Free Image Hosting
Fonte: Best Ads