terça-feira, 31 de agosto de 2010

Mais polêmico do que criativo | 36

Links para esta postagem
Mais um comercial que ganha mais destaque pela polêmica do que pela criatividade propriamente dita. No episódio de hoje, o filme gentilmente convidado a sair do ar foi este do Tribunal Superior Eleitoral criado pela agência brasiliense Fields. O motivo é simples: o CROSP - Conselho Regional de Odontologia de São Paulo - que representa 75 mil cirurgiões-dentistas do Estado de São Paulo entendeu que a figura do cirurgião-dentista apresentada no vídeo representa o profissional da categoria de maneira inadequada e ofensiva.

A questão é simples: o Brasil - que já foi considerado um país desdentado - precisou conscientizar a população que visitar regularmente o dentista era um hábito mais do que necessário. O tratamento dentário deixou de ser um mito - ou, pelo menos, não é mais visto como era há 20 ou 30 anos. Em nota à imprensa, o Conselho alegou o seguinte:

"O exemplo escolhido compromete a educação da população no que diz respeito à importância da prevenção e dos cuidados com a saúde bucal. Ao estigmatizar a figura do cirurgião-dentista como um profissional que provoca medo aos pacientes, a propaganda desestimula a busca dessas ações, por parte da sociedade. Os efeitos são especialmente nocivos entre a população infantil, causando prejuízos psicológicos em relação ao tratamento odontológico."

Para o CROSP, o conteúdo do comercial também reforça uma visão deturpada da categoria profissional, podendo induzir a população a acreditar que existam cirurgiões-dentistas atuando na ilegalidade. Resumindo, um comercial como essa só aumenta o receio das crianças e desinformados. Por este motivo, concordo com a solicitação do CROSP. E pelo visto, o TSE também, já que o comercial não será mais veiculado.


Image and video hosting by TinyPic

Nada se cria | 139

Links para esta postagem
A ideia é boa, e os filmes podem perfeitamente ser enquadrados como meras coincidências. Mas, vai que... né?! (Como diria algum anúncio do Bradesco Seguros). Já vi coisa pior nestes mais de 130 posts. A propósito, estamos nos aproximando do milésimo post, e este blogueiro pensa em fazer uma espécie de retrospectiva, relembrando os posts mais notáveis destes quase quatro anos de vida - contanto que não dê muito trabalho. Mais pra frente eu explico isso melhor.


Telecom Italia
Agência: Leo Burnett
País: Itália
Ano: 2006


Audi A4
Agência: DDB Barcelona
País: Espanha
Ano: 2005


O2
Agência: VCCP
País: Reino Unido
Ano: 2008
Image and video hosting by TinyPic

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Academia Body Tech | 5 anos de Gávea

Links para esta postagem
Veja que bela aventura visual. O anúncio da academia Body Tech - criado pela agência carioca Minha Comunicação - é para comemorar os cinco anos de Gávea.

Image and video hosting by TinyPic
Image and video hosting by TinyPic

Blackberry | Trabalho e diversão

Links para esta postagem
Deveras interessante o novo filme do Blackberry. Assinado pela agência BBDO de Nova York, "Rollercoaster" tem algo de especial. Não sei bem como dizer isso, a ideia é pura. É isso. Minha única observação fica em cima da expressão das pessoas, elas bem que poderiam estar um tiquinho mais sorridentes.


Image and video hosting by TinyPic

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Leitura recomendada | Administração em Publicidade

Links para esta postagem
Senhoras e senhores da turma de 2010, se eu pudesse dar apenas um conselho em relação ao futuro, eu não diria "use filtro solar", e sim: "leia Administração em Publicidade". O livro de Marcélia Lupetti é vital a qualquer um que se meta a trabalhar com propaganda - principalmente aqueles que planejam abrir sua própria agência de comunicação. Permita que eu fale mais a respeito.

Dentro de uma linguagem prática e extremamente objetiva, Lupetti consegue abordar absolutamente todos os processos que envolvem uma campanha publicitária. O livro começa enfatizando a importância de uma marca bem construída, citando exemplos de casos bem-sucedidos no segmento automobilístico, como a Audi, Mercedes-Benz e Alfa Romeo. Para quem não é um profundo entendedor do assunto, Administração em Publicidade apresenta a verdadeira importância de posicionamento, planejamento e a identidade visual de uma marca - detalhando todo o estudo que é feito pelas grandes agências de comunicação do país.

Em um segundo momento, o leitor entende como funciona a estrutura de uma agência - e é aí que o livro fica insuportavelmente interessante. Primeiro porque ele te mostra que ao abrir sua própria agência, você terá que realizar tarefas que não estão ligadas diretamente à publicidade, ou seja, você terá que pensar como um verdadeiro administrador de empresas, ou melhor, um empreendedor. E o elogio que eu faço ao livro é devido ao fato de que todas as etapas legais para a criação de uma empresa são colocadas de forma simples, ao alcance de pessoas que não têm formação em direito trabalhista, contabilidade ou finanças. Acredite, eu finalmente entendi como se faz um fluxo de caixa de verdade.

Dividido em sete capítulos, o livro traz ainda depoimentos de grandes personalidades da propagada brasileira, como Roberto Justus, Júlio Ribeiro, Silvio Santos e Christina Carvalho. E se você ainda não se convenceu de que o livro é bom, aí vai uma frase do livro na página 54: "As agências de propaganda e publicidade estão com os seus dias contatos." Entenda o porquê lendo este grande trabalho de Marcélia Lupetti, e se possível, não deixe de usar o filtro solar.
Itálico::
ADMINISTRAÇÃO EM PUBLICIDADE - A Verdadeira Alma do Negócio - 2ª Ed.

Autora: Marcélia Lupetti
Categoria: Marketing e Comunicação
Editora: Cengage Learning
Blog da editora
232 Páginas

Image and video hosting by TinyPic
Image and video hosting by TinyPic
:: Clique aqui para comprar.
Image and video hosting by TinyPic

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Trident realizará campeonato de golfe urbano

Links para esta postagem
Em uma ação inédita, a Trident vai realizar em São Paulo o primeiro campeonato de golfe urbano, o Trident Golf Connections. O evento - programado para os dias 27 e 28 de agosto - tem inspiração no golfe tradicional, mas, democrático, ele utiliza como campo as ruas das cidades e uma bolinha mais leve. Em linha com o conceito “mais que uma goma de mascar, um estilo de vida”, a ação foi criada pela sempre inovadora agência Espalhe.

Basicamente, serão três circuitos disputados por três equipes formadas por um jogador de golfe amador, um formador de opinião online e um videologer, todos selecionados por meio das redes sociais. Cada equipe e circuito representam um sabor da linha Trident Global Connections - Manhattan, Londres e Bali. A equipe vencedora ganhará uma viagem para o destino que representa.

O circuito London partirá do Viaduto do Chá e seguirá para o Vale do Anhangabaú. Já o Manhattan acontecerá na Praça da Liberdade e terminará à Praça Julio Prestes, no Centro da cidade. O circuito Bali será realizado no Centeco Plaza, à Avenida Paulista. Ganhará a equipe que chegar ao final dos circuitos com o menor número de tacadas. Além disto, o vídeo elaborado pelo videolloger da equipe será avaliado pelos membros da Fan Page do Facebook e pelos seguidores do @trident_brasil no Twitter.

Recém-chegado ao Brasil e com o intuito de conquistar diversas tribos, o Golfe Urbano nasceu baseado no golfe, mas, sem regras definidas, pode ser praticado por qualquer um e em qualquer lugar. O importante é que utilize como cenário as ruas, prédios, praças da cidade. O esporte surgiu em meados da década de 90, quando o alemão Torsten Schilling pegou seus tacos e bolas de golfe e começou a treinar perto de áreas de escritórios. Depois, com novos praticantes, o esporte ganhou adaptações.


Image and video hosting by TinyPic

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Gorilla | Cola tudo

Links para esta postagem
Saudades de uma campanha impressa por aqui? Pois é, vejam só o que os estudantes da Miami Ad School, da Espanha criaram para a marca de cola Gorilla. Um layout irritantemente simples, onde todo o conceito do produto é destacado com muita objetividade. A ideia é mostrar que a cola Gorila pode unir até mesmo o que parece impossível, como água e óleo, Karl Marx e o capitalismo, IBM e Mac, e até os negros e o Ku Klux Klan - nome de várias organizações racistas dos Estados Unidos que apoiam a supremacia branca e o protestantismo. Ok, é uma abordagem que pode gerar alguma polêmica - como disse meu amigo Caio Costa, do Blogcitário - mas ainda assim, acho que passa.

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic
Image and video hosting by TinyPic

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Orange | Wilson, William, Wilbour

Links para esta postagem
Belíssimo filme criado pela Y&R, de Israel para a Orange. E basicamente, isso é tudo o que eu tenho a dizer a respeito do vídeo. Enjoy.


Image and video hosting by TinyPic

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Propagandas que embalaram minha infância: Bubbaloo

Links para esta postagem
Legal demais relembrar este comercial do Bubbaloo. Criado em 1992 pela JWT, o filme anunciava o novo sabor banana que acabara de ser lançado. Engraçado, hoje o vídeo é pra lá de bizarro, mas na época era um baita hit. Lembro das pessoas cantarolando o refrão do jingle: 'Nada mais gostoso que um bubbaloo banana...' Sensacional! Se eu não me engano, é disso que o Jô Joares se refere quando vira-se para o Bira e diz: Bâ-bâ-lú.... Não?!


Image and video hosting by TinyPic

Mais polêmico do que criativo | 35

Links para esta postagem


Essa campanha do McDonald's criada pela Euro RSCG está fazendo um estrago na França. A peça de outdoor que mostra o campeão gaulês Asterix incomodou profundamente os fãs do quadrinho, além os patriotas que não gostam da influência da culinária norte-americana na França. Para essa turma, o anúncio é um insulto contra o patrimônio cultural francês - vale lembrar que estamos falando de um dos personagens mais queridos daquele país.

Na ilustração, Asterix e seus amigos comemoram o seu tradicional baquete ao lado de amigos em um restaurante McDonald's. No canto da imagem, ainda é possível ver o bardo Chatotorix amarrado em uma árvore. Na assinatura, lê-se: 'Venha como você for'. Como diria o grande Flavio Gomes: Até tu, Asterix?
Image and video hosting by TinyPic

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Leitura recomendada | Estratégias semióticas da publicidade

Links para esta postagem
O segundo livro que se junta à nossa galeria é Estratégias semióticas da publicidade, e como o próprio nome já diz, trata de estudos dos signos, sinais e símbolos na sociedade. A obra de Lucia Santaella e Winfried Nöth nos mostra como a linguagem publicitária é prenhe de subsentidos, e como um anúncio publicitário pode acionar camadas de subsentidos que penetram em níveis abaixo da consciência do consumidor.

E por que fica cada dia mais importante dispor de estratégias semióticas? Simples, porque a explosão dos mercados culturais e a expansão de acesso aos bens simbólicos para as mais diversas classes e estratos econômicos têm embaraçado a definição clara dos perfis de consumidores e dos segmentos de mercado, assim como a tipificação de estilos de vida e de padrões de consumo. Em outras palavras, a forma de se fazer propaganda que nós vimos conhecemos, está deixando de existir. "Trata-se agora muito mais de criar produtos de comunicação do que comunicação de produtos".

Três marcas são estudadas pelos autores: Itaú, Guaraná Antárctica e Marlboro. Este último, explica detalhadamente porque a marca permanece viva mesmo com todas as limitações impostas a suas campanhas publicitárias. "É a narrativa de um herói solitário em uma luta bem-sucedida contra as forças da natureza, seja ele um cowboy laçador que prova seu domínio sobre um rebanho de gado selvagem ou o corajoso aventureiro que alcança margens exóticas em seu barco primitivo". Hoje, basta um traço, um fragmento de imagem, e a marca Marlboro já se faz presente. No livro, você entende as razões que levaram à criação desse mito.

Uma última análise trata da intermedialidade paragonal entre arte e publicidade, e por que a rivalidade das duas mídias pelo reconhecimento de seus signos não está de modo algum encerrada. Uma das passagens que mais me chamou a atenção diz o seguinte: "perguntas não afirmam nada, mas podem conter pressuposições." Você está sabendo fazer as perguntas certas?
Itálico::
ESTRATÉGIAS SEMIÓTICAS DA PUBLICIDADE

Autores: Lucia Santaella e Winfried Nöth
Categoria: Marketing e Comunicação
Editora: Cengage Learning
Blog da editora
312 Páginas

Image and video hosting by TinyPic
Image and video hosting by TinyPic
:: Clique aqui para comprar.
Image and video hosting by TinyPic

terça-feira, 17 de agosto de 2010

As aventuras de Mário, o publicitário

Links para esta postagem
Image and video hosting by TinyPic
Image and video hosting by TinyPic

Como funciona o tradutor do Google

Links para esta postagem
Bem interessante este vídeo que explica como funciona o tradutor automático do Google. Quem se lembra daquelas primeiras traduções macarrônicas do início do século? Pois é, quanta evolução de lá pra cá, não?



:: Vi no Sedentário & Hiperativo, que viu no O Velho, que viu no Google OS, que provavelmente fez o vídeo.
Image and video hosting by TinyPic

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Nada se cria | 138

Links para esta postagem
Os anúncios abaixo se assemelham de tal forma que o pessoal da NeogamaBBH chegou a enviar um e-mail para o CCSP dizendo que achava a campanha da Moma muito parecida com ação realizada pela agência, em 2007, para Burti. E de fato, é difícil imaginar que tudo não passa de uma mera e inocente coincidência criativa. Só sei que, dentro deste conceito de que tudo envelhece muito rápido, as ideias tendem a ser cíclicas - por isso essa categoria de posts existe aqui no blog.

Image and video hosting by TinyPic
Burti
Agência: NeogamaBBH
País: Brasil
Ano: 2007

Image and video hosting by TinyPic
Maxímidia
Agência: Moma Propaganda
País: Brasil
Ano: 2010
Image and video hosting by TinyPic

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Nada se cria | 137

Links para esta postagem
Semana corrida para este publicitário que vos posta, por isso a estiagem de posts. Eu tinha me programado para falar dos vídeos inusitados da campanha de candidato Jeferson Camillo, mas quando vi que todo mundo fez isso, acabei mudando de ideia. Se você esteve em Marte nos últimos dias e não viu, o canal dele no Youtube é esse: jefersoncamillo.com.br/2010. E vamos para mais um post da nossa já tradicional série Nada se cria. Acho que você vai se lembrar dessa.


Cerveja Kaiser
Agência: Bates Brasil
País: Brasil
Ano: 2002


Cerveja Bavaria
Agência: Zig
País: Canadá
Ano: 2003


Desodorante Denver
Agência: -
País: Índia
Ano: 2010

:: Fonte: Joe La Pompe
Image and video hosting by TinyPic

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

A volta dos que não foram

Links para esta postagem
Estes dois anúncios da FedEx ficaram na pauta do blog por quase três semanas - um recorde, diga-se de passagem. Eles sempre eram substituídos por outros assuntos mais relevantes. E assim eles foram ficando, ficando, até que num belo dia foram deletados sem dó nem piedade. Na verdade, foi com um pouquinho de dó, mas a linha editorial falou mais alto (sim, nós temos uma linha editorial, por mais estranho que possa parecer).

A questão é que ontem a noite eu estava pesquisando o que iria publicar hoje e me deparei com a seguinte notícia no site do Clube de Criação de São Paulo: "A DM9DDB emplacou na Archive trabalhos criados para Fedex." Fui ver quais trabalhos ganharam tamanha notoriedade, e adivinhe quem estava lá? Os próprios.





:: Moral da história: dane-se a linha editorial.

Em tempo: lembra um pouco esse outro anúncio, não?
Image and video hosting by TinyPic

terça-feira, 10 de agosto de 2010

É assim que se promove um filme de verdade

Links para esta postagem
Ok, ok. Numa hora dessas isto deve estar em todos os blogs de cinema, publicidade e bizarrices mundo a fora. Mesmo assim, não tinha como não publicar o link por aqui também. Assista clicando na imagem abaixo:



Polêmicas com o "Brazil" a parte, é assim que se promove um filme de verdade. Você prestou atenção em TODOS os detalhes? Assista de novo.

:: Bem melhor que essa outra ação aqui, né?
Image and video hosting by TinyPic

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

A estranha campanha da Avianca

Links para esta postagem
Criado pela agência Z+ Comunicação para a Avianca, a campanha impressa abaixo me levou a fazer algumas interpretações estranhas, veja se você concorda.

Primeiro, repare no anúncio da trena. Ao que tudo indica a ideia é mostrar que os assentos da Avianca são mais largos que os convencionais. Porém, uma olhada menos atenta poderia insinuar que a viagem entre São Paulo e Rio é mais distante voando pela companhia aérea anunciante.

Agora repare nos dois últimos anúncios, da cruzadinha e agenda. Sejamos francos, não ficou parecendo trabalho de acadêmico de alunos de 5º semestre? Nada contra a Z+, que já apareceu por aqui em outras oportunidades e foi elogiada por trabalhos realmente criativos. Mas dessa vez, pisaram na bola.








Image and video hosting by TinyPic

Leitura recomendada | Criação em filmes publicitários

Links para esta postagem
E como vem acontecendo sistematicamente nos últimos quatro anos deste blog, hoje inauguro mais uma seção de posts – uma nobre seção, diga-se de passagem. “Leitura recomendada” foi o título escolhido, e apesar de tratar-se de um título que não segue o mesmo padrão irreverente dos demais, acredito que a nova categoria seja de extrema utilidade para quem busca conteúdo didático aqui no Louco, não. Publicitário.

Basicamente, serão sugestões de livros importantes sobre Publicidade e Marketing que eu vou postar periodicamente. A ideia é criar uma grande estante virtual onde você possa buscar opções de títulos que contribuam para enriquecer o seu conhecimento na vasta área da Comunicação Social. Dito isto, vamos dar início aos trabalhos.

O primeiro livro da nova categoria chama-se Criação em filmes publicitários, do autor e professor da ESPM João Vicente Cegato Bertomeu. A obra – indispensável a todos os profissionais de produção publicitária – trata do delicado processo de criação que envolve uma produção publicitária. O livro ilustra ainda os principais documentos que fazem parte de uma produção, como briefings, storyboards, roteiros, orçamentos, relatórios, cronogramas, etc.

Altamente recomendado também para estudantes de publicidade, o livro tem uma leitura extremamente agradável, apesar de técnica. Bertomeu disseca alguns comerciais das principais agências do país, como a Almap/BBDO, DM9DDB e Matos Grey e destaca através de depoimentos de grandes diretores contemporâneos a evolução nos estilos de direção. Por exemplo, o estilo “I´m the boss” - citado por Fernando Meirelles – que afirma que os diretores “geniais” dos anos 80 não estão mais no mercado. “...somos apenas uns carinhas perdidos no Terceiro Mundo, no efêmero ano de 2001, fazendo uma pequena parte de um longo processo para vender coisas. Nem mais, nem menos”.

O conteúdo é rico, e o publicitário moderno precisa ter conhecimento das reflexões feitas dentro do livro. É uma obra crítica. Outro trecho que me chamou a atenção foi em cima da seguinte pergunta: “Por que a Inglaterra tem a melhor publicidade do mundo? Porque tem os clientes mais informados e criativos do mundo.” O cliente tem participação fundamental no processo criativo, é imprescindível que ele tenha mais contato com a área de linguagem visual e que receba mais informações. “O filme perfeito não é aquele ao qual não temos mais nada a acrescentar, é aquele do qual não temos mais nada para subtrair.”

A publicidade no mercado globalizado também tem destaque no livro, e amplia a compreensão da criação coletiva atravessando fronteiras nos mercados mundiais e o processo criativo dos profissionais das agências e dos clientes da criação publicitária global.

O recado do livro é bem claro e deve ser absorvido da melhor maneira possível: num filme publicitário, a criação é comprovadamente coletiva, diluída e complexa. A autoria coletiva é, cada vez mais, uma necessidade do processo.
Itálico::
CRIAÇÃO EM FILMES PUBLICITÁRIOS

Autor: João Vicente Cegato Bertomeu
Categoria: Marketing e Comunicação
Editora: Cengage Learning
Blog da editora
272 Páginas

Image and video hosting by TinyPic
Image and video hosting by TinyPic
:: Clique aqui para comprar.
Image and video hosting by TinyPic

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Brazil Promotion

Links para esta postagem
Image and video hosting by TinyPic
Cheguei aqui no Transamérica Expo Center por volta das 15 horas e fui direto para o espaço dos blogs e mídias sociais - era dia de votar. No centro da feira tem o Show Room de Ideias, onde há uma pequena amostra de todas marcas expositoras do Brazil Promotion. E por algum motivo, fui escolhido para dar os meus pitacos.

O evento tem mostrado duas tendências bem claras: interatividade e sustentabilidade. Posso garantir que pelo menos 80% dos produtos apresentados aqui na feira tem um desses diferenciais. Nas imagens abaixo, o stand da Future Lab apresenta-se como o primeiro bureau de tecnologia integrado do país. A propósito, pensei que veria mais novidades com Realidade Aumentada, quem vem ganhando muito espaço ultimamente. Destaque também para a Planta Mágica, onde é possível fazer uma gravação personalizada de um logotipo em sementes.

Também está sendo muito legal para conhecer alguns blogueiros da área, como a publicitária Silvia Zampar, do Tudibão.com.br e o Arnaldo Rabelo, do Estratégia de Marketing.



Image and video hosting by TinyPic