segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Os rappers da Nissan

Links para esta postagem
(O luxo todo é do dinheiro de vocês) - Lembra quando eu postei aqui o comercial da Nissan Frontier que zombava os seus principais concorrentes? "A gente foi criado em playground... jogando futebol no carpete..." Então, o pessoal atacou de novo, e agora o alvo foi a empresa de Henry Ford. Claro que tudo não passa de uma estratégica - que vale ressaltar, ainda não mostrou sinais de eficiência no Brasil. A propósito, alguém aí sabe me dizer o que o Conar pensa disso tudo?

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

5 anos

Links para esta postagem
(Passa lá em casa mais tarde, vai ter um bolinho) - Senhoritas e cavalheiros da animada turma de 2011, este dia 25 de fevereiro de 2011 é um data especial para este aprazível blog. Não que eu me apegue muito a datas especiais, mas é que hoje, além de ser o dia que vence o condomínio do meu prédio, também é a data em que este simpático Uniform Resource Locator completa cinco anos de existência.

Sim, 5 longos anos, ou 60 meses, ou 260 semanas, ou 1.825 dias, para ser bem idiota - sempre acho idiota quem faz esse tipo de conta. Também acho besta ficar contanto os posts, comentários, assinantes e seguidores do blog. Por isso prefiro não falar que chegamos ao nosso quinquênio com 1.092 posts, 1.984 comentários, 730 assinantes nos feeds googlenianos e 2.180 seguidores na rede social do passarinho. Um pouco mais, um pouco menos, talvez.

Mas como ia dizendo, é só um maldito aniversário! E como blogs fazem aniversários todos os dias, em todos os cantos desse mundão véio de guerra, achei que não deveria dar muita importância para o fato. Só este post mesmo para a data não ficar igual ao Michael Jackson depois dos anos 1990. Também fiz, mal e porcamente, este selinho comemorativo - gastei menos de 2 minutos, um recorde pessoal, confesso! Já o slogan, modéstia à parte, achei que ficou totalmente excelente. Para quem não sabe, um bom slogan deve remeter o posicionamento da marca, ou seja, sintetizar toda a essência de uma organização, pelo menos é o que afirmam os gurus do marketing moderno. Por isso, sem qualquer conotação mais sarrista dos pervertidos fazedores de trocadilhos, comunico que este é o novo slogan do Louco, não. Publicitário. Adotá-lo-ei de agora em diante.

Ah sim, os presentes podem ser enviados pelo correio ou entregues pessoalmente. (o:

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Cuiado com os cabelos lisos

Links para esta postagem
(Liso de verdade) - Beeeeeem bacana esse adesivo de chão que a agência BBDO - a das Filipinas - criou para o o shampoo Biolink VCO. Azarado que sou, nunca vejo essas coisas in loco. E se visse, escorregaria, cairia e quebraria alguns dentes. Sou realmente azarado.

http://3.bp.blogspot.com/-qtO7gtevvcI/TWZ9JSh9qRI/AAAAAAAADbM/TFRQt5JnK8I/s1600/biolink_2.jpg
:: Vi no sempre curioso blog Comunicadores de Plantão. Acessem de vez em quando.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Kombosa escarlate

Links para esta postagem
Gosto de Kombis, juro! Certa vez, numa dessas festas de São João, um grupo de amigos da minha cidade natal fez uma vaquinha e comprou uma Kombi velha - algo em torno de 1.500 mangos divididos entre uns 10 desocupados. Acredite, a Kombi era velha de verdade, tipo, 1960. Nem sei se já fabricavam kombis nessa época, estou chutando. A questão é que este grupo de amigos comprou a caranga, encheu o tanque com gasolina e explodiu a pobre coitada. Um espetáculo pirotécnico, lembro bem. Coisa típica de quem vive em cidade pequena.

Pois bem, em homenagem a esse grupo de amigos terroristas, eu imprimi a imagem abaixo, montei a Kombi e coloquei em um local de destaque da minha estante, bem ao lado da coleção de Hot Whells. Se você também gosta dessas coisas, clique na figura abaixo e monte a sua Kombi Paper Toy. A ideia toda é da agência Lola 33, que tem o simpático veículo como mascote. Vá entender.

:: Clique na imagem para ampliar.
http://3.bp.blogspot.com/-XKIvKzLQt5A/TWVNIQmaZrI/AAAAAAAADaM/aDvexzuaWUM/s1600/kombi.jpg

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Filme com publicitário: Mulher-Gato

Links para esta postagem
Mulher-Gato, ou Catwoman, é um filme horroroso que eu jamais pensei que comentaria aqui no blog - é sério! Mas, como a personagem principal é uma publicitária e temos uma categoria inteira só para filmes protagonizados por publicitários, aqui estou eu a dar os meus pitacos. Vencedor de três Framboesas de Ouro - Pior Filme, Pior Atriz (Halle Berry) e Pior Atriz Coadjuvante (Sharon Stone) -, Mulher-Gato é tão ruim que vou me ater apenas a falar da agência de publicidade que é apresentada como pano de fundo dessa péssima história.

Patience Phillips (Halle Berry) é uma publicitária tímida e de gostos bem duvidosos que trabalha em uma grande empresa do ramo de cosméticos. Pelo que entendi, seria uma espécie de house agency que desenvolve as campanhas publicitárias da principal marca dessa empresa. O filme começa com a bela Patience - que ocupa o cargo de diretora de arte - preocupada em cumprir um prazo para a entrega de um layout, porém, acaba descobrindo acidentalmente um grande segredo industrial da sua empresa. Este segredo refere-se à fórmula de um novo produto prestes a ser lançado, que poderia causar um dano físico no rosto de quem o consumir. Dessa forma, Patience vê-se envolvida numa grande conspiração corporativa que mudará sua vida completamente.

Após sofrer uma brutal tentativa de assassinato, Patience acaba ganhando alguns poderes bem cabulosos e transforma-se na incrível mulher felina. Sim, o filme é cheio de clichês! A partir daí o roteiro vira um desastre só, com uma atuação pífia de quase todos os integrantes do elenco - menos do eterno merovíngio (Benjamin Bratt). Pelo que li nas wikipédias da vida, o filme foi execrado pelos fãs da Selina Kyle dos quadrinhos, que alegam que ele não corresponde em nada com a personagem representada por Halle Berry. E mesmo para quem não entende picas de quadrinho - o que é muito o meu caso - o filme é claramente infiel à personagem original. Mas apesar de tudo, não poderia deixar de citar mais uma obra de ficção que coloca a profissão de publicitário em evidência.

Elenco:
Halle Berry | Patience Phillips / Catwoman
Benjamin Bratt | Tom Lone
Sharon Stone | Laurel Hedare
Lambert Wilson | George Hedare
Frances Conroy | Ophelia Powers / Catlady
Alex Borstein | Sally
Michael Massee | Armando
Byron Mann | Wesley
Kim Smith | Drina
Peter Wingfield | Dr. Ivan Slavicky
Berend McKenzie | Lance

Título original: Catwoman
Direção: Pitof
Gênero: Ação
Origem: Estados Unidos
Ano: 2004
Duração: 104 minutos
Estúdio: Warner Bros
Trailer: clique aqui
Site: clique aqui
Comprar: clique aqui

:: Nota do blogueiro: 4.0
Por quê? Não tem conteúdo, o roteiro é esquisito e os atores não se esforçam para fazer um filme decente. É uma produção maquiada por muitos efeitos especiais, muita pós-produção e apoiado em uma personagem consagrada apenas nos quadrinhos. Um filme bem fraco em quase todos os sentidos, diria.

Mercedes-Benz | Os lados do cérebro

Links para esta postagem
(Gosto disso!) - As pessoas costumam dizer que tendem a usar, ora mais o lado direito do cérebro, ora mais o esquerdo, ora nenhum dos dois - como é o caso de muitos. A ciência nos diz que o lado esquerdo é frio, matemático, prático, realista, etc, etc, etc. Já o direito, é a poesia, a arte, a criação, a sensualidade, as cores, e por aí vai. Essa campanha da Mercedes-Benz é mais ou menos sobre isso, sobre o papel desempenhado por cada lado do cérebro nas mais variadas decisões que tomamos diariamente. Uma forma bem diferente de se vender veículos automotivos, não? A criação é da agência israelense Shalmor Avnon Amichay/Y&R Interactive Tel Aviv.

http://1.bp.blogspot.com/-xn-MG4iS198/TWOqnwRk1rI/AAAAAAAADZs/yiT57kakjv4/s1600/mercedes_left_right_brain_1.jpg

http://2.bp.blogspot.com/-GV-a8jtz6Zk/TWOqnrFCLpI/AAAAAAAADZk/m6sc4KiEIAo/s1600/mercedes_left_right_brain_2.jpg

http://4.bp.blogspot.com/-cV2OkNAWlcw/TWOqngc0AgI/AAAAAAAADZc/WyeROkXNDNE/s1600/mercedes_left_right_brain_3.jpg

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

É devagar...

Links para esta postagem
(Por que terminou o horário de verão se ainda estamos no verão?) - Sensacional este vídeo em SuperSlow. Não é nenhuma novidade, mas essas coisas são sempre boas de ver. Como diria Martinho da Vila: é devagar, é devagar, é devagar, é devagar devagarinho...

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Fuck Photoshop

Links para esta postagem
(Onde eu passo o cartão?) - E ai publicitário, o que você me diz desse corriqueiro instrumento de trabalho? Gostou? Você pode comprar o seu neste link, custa 3 míseros dólares, o diabo é o frete, algo em torno de 15 mangos brasileiros. Mas acho que vale a pena. Não?

http://4.bp.blogspot.com/-CIzGw4j-LDM/TV7ZS6JcwgI/AAAAAAAADZU/zVMS_CZ3SHY/s1600/il_fullxfull.212728154.jpg

Nada se cria | 157

Links para esta postagem
(Violência nada gratuita) - Apesar da coincidência (ou não), o apelo dos comerciais ficou exageradamente chocante. Vale aquela velha mensagem que lembra que o cigarro é extremamente prejudicial ao corpo. E é curioso como os filmes precisam ficar cada vez mais apelativos para serem notados por quem realmente importa. Por isso, sempre achei que campanhas anti-tabagistas precisam ser fortes, mostrar o real problema de quem ingere aquele monte de porcaria que tem num cigarro. Por esse motivo o filme da National Health Service estarrece, as pessoas estão menos sensíveis à violência. Só por isso.


National Health Service
Agência: Dr. Foster
País: Inglaterra
Ano: 2009


Campanha anti-tabagista
Agência: Good Food Studio
País: Áustria
Ano: 2010

Só na Bic

Links para esta postagem
(Inacreditável) - As imagens foram feitas apenas com caneta Bic pelo artista espanhol Juan Francisco Casas Ruiz. Esse garotinho é um animal! Como diria um narrador das antigas.


:: Vi no Lista 10.

Leitura recomendada: coleção completa

Links para esta postagem
(Comprem) - Na semana passada postei o 14º livro da super série de sucesso Leitura Recomendada, dai pensei com meus botões: por que não reunir todos os títulos em um post só? A ideia é facilitar a vida de quem pensa em adquirir algum dos volumes abaixo - se bem que o mais indicado é deixar de ser avarento e comprar a coleção inteira. Não importa, clicando nas capas você se tele transporta para o site do Submarino, que tem praticamente todos eles e com um preço interessante. Invista em você e lembre-se desta dica quando receber o seu primeiro leão em Cannes.


quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Nada se cria | 156

Links para esta postagem
(Isso é que eu chamo de copiar na cara de pau!) - O curioso desses dois anúncios é que eles foram veiculados exatamente na mesma época: abril de 2009. Dessa forma, sabe Deus quem copiou quem. Também existe a quase remota possibilidade de ter sido uma baita coincidência. Eu duvido.

http://4.bp.blogspot.com/-x7KKvQhEHXQ/TV2BdMc0t_I/AAAAAAAADXc/A2E0zAsDqts/s1600/wood-care-sexy-pinocchio-small-53419.jpg
Werner & Mertz
Agência: Grey G2 Group Dusseldorf
País: Alemanha
Ano: 2009

http://1.bp.blogspot.com/-J-k0mAjqHTg/TV2BdFzFYBI/AAAAAAAADXU/tAoETRKQJIU/s1600/MrMinpinocchio.jpg
Mr Min
Agência: Euro RSCG Joanesburgo
País: África do Sul
Ano: 2009

Podcast do Mamãe

Links para esta postagem
(Essa eu ovo) - No ar, o PodCast do Mamãe number six. E pela primeira vez com a participação de um cobaia convidado especial: o publicitário Lucas, conhecido na Matrix como Magriça - um cara com talentos natos. Nas pautas, além da influência escandinava nas monarquias europeias, falamos de música, futebol regional e guaraná. O resultado você confere nesse link aqui. Ouçam, comentem e divulguem, se acharem que devem.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

As aventuras de Mário, o publicitário

Links para esta postagem
http://4.bp.blogspot.com/-xAHDgWlKLOI/TVwEejlLtGI/AAAAAAAADXM/XTMuvDgB-bA/s1600/rodrigo_franco_mario_o_publ91.gif

Billy Brown e o incrível Magro de bigodes

Links para esta postagem
(Sangue no zóio) - Que tal ter no portfólio um logo de uma banda de rock? Nada mal, hein? Então essa é a sua oportunidade. A banda cuiabana Billy Brown e o incrível Magro de bigodes abriu um concurso em seu blog para a criação do desenho que irá representá-los por toda a eternidade. Por isso, acesse, crie e fique famoso! Ta bom, não é isso que te deixará famoso, mas que o seu portifa ficará bem mais respeitável, disso eu não tenho dúvidas. E o som dos caras é show de bola também - ouçam aqui.

:: O manual de instruções está neste link.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Os famosos que mais foram ao ar

Links para esta postagem
(Cadê o gordo?) - Certamente não vai ser isso que derrubará a Bolsa de Frankfurt, mas achei interessante postar o ranking das celebridades que mais deram as caras em comerciais em 2010.

:: Em número de inserções.
http://3.bp.blogspot.com/-c2vDFbe0saI/TVrUCypnOJI/AAAAAAAADWI/00rIU3hP-es/s1600/inser%25C3%25A7%25C3%25B5es.jpg
Fonte: CCSP

Novo logo da Dilma

Links para esta postagem
(Gostei de tudo) - Este é o novo logotipo do Governo Federal para os próximos 4 anos dilmanianos (adoro neologismos). E contrário do que eu disse aqui sobre o selo comemorativo da PSA Peugeot Citroën, dessa vez eu gostei (muito) do resultado. O novo logo é extremamente coerente com a proposta de continuidade dos oito anos de Lula. Sabe aquele ditado que diz que em time que está ganhando não se mexe? Então. Esse slogan também tem originalidade, é ousado - como um bom governo tem que ser. Ou você não acha ousado um slogan de governo que usa a palavra pobreza? Enfim, gostei de tudo. A criação é da sempre competente agência África.

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Filme com publicitário: Encurralados

Links para esta postagem
Saudades de um filme com publicitário por aqui? Pois é, eu também não. De qualquer forma, retomei a categoria porque minha mãe pediu - ela é uma das cinco que gostam. Também resolvi retomar a seção porque tenho planos ambiciosos para os futuros posts, planos que beneficiam diretamente os seguidores do blog no Twitter - mas não se afobem, no momento certo eu conto. Por enquanto, vamos ao filme Encurralados, uma produção realmente fascinante.

Neil Randall (Gerard Butler) é um publicitário com uma dose considerável de ambição, o que é bem comum aos profissionais de comunicação da maior potência mundial. Casado com Abby (Maria Bello) e pai da pequena Sophie, Neil é o marido perfeito, tem uma família exemplar e está em plena ascensão na poderosa agência da publicidade onde trabalha. Porém, sua agradável rotina é interrompida quando ele tem sua filha sequestrada por Tom Ryan (Pierce Brosnan) - um homem frio e enigmático.

Neil e Abby são surpreendidos quando se preparavam para passar um fim de semana diferente, ela, na companhia da melhor amiga, ele, na casa de campo do seu chefe. Envolvidos em um tenso jogo de poder e humilhações, os dois veem a vida de sua filha em risco enquanto estão sob controle de Tom Ryan. O roteiro bem amarrado conduz a história para uma sequência de acontecimentos que vão surpreendendo o espectador a cada nova cena.

Encurralados me fez lembrar de Fora de Rumo, um outro filme com publicitário comentado aqui há alguns meses. Ambos colocam os personagens dentro de uma mesma atmosfera, repleta de suspense e nervosismo. Já a abordagem que o filme faz a publicidade lembra que existe algo em comum entre um sequestro e o trabalho de um publicitário. Nos dois casos, existe muita pressão e é necessário tomar decisões rápidas. Quem despedaça uma borboleta em uma roda?

Elenco:
Gerard Butler | Neil Randall
Maria Bello | Abby Randall
Pierce Brosnan | Tom Ryan
Emma Karwandy | Sophie Randall
Callum Keith Rennie | Detective McGrath
Dustin Milligan | Matt Ryan
Claudette Mink | Judy Ryan
Desiree Zurowski | Helen Schriver
Nicholas Lea | Jerry Crane
Peter Keleghan | Karl Granger
Samantha Ferris | Diane
Malcolm Stewart | Dave Carver

Título original: Butterfly on a Wheel
Direção: Mike Barker
Gênero: Suspense
Origem: Inglaterra e Canadá
Ano: 2007
Duração: 95 minutos
Estúdio: Butterfly Productions | Icon Productions | Fatts | Irish DreamTime | Infinity Features International
Trailer: clique aqui
Site: clique aqui
Comprar: clique aqui

:: Nota do blogueiro: 9.4 Por quê? O roteiro é muito bom e Pierce Brosnan está em sua melhor forma. O filme é ambientado na belíssima Chicago e apresenta um publicitário que faz qualquer coisa para subir na carreira. Um filme totalmente imprevisível.

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Peugeot Citroën lança selo comemorativo

Links para esta postagem
(Rabugento) - Este é o logotipo que a PSA Peugeot Citroën lançou para celebrar uma década de produção de carangas em solo tupiniquim. Antes de qualquer coisa, digo que não gostei. Na verdade, odiei. Designers responsáveis pela cagada, não sintam-se ofendidos, normalmente não gosto das coisas, sou um ranzinza incorrigível, confesso. Achei que esse mapa do Brasil estilizado ficou levemente cafona, brega mesmo. Também não gostei da tipologia, nem da distribuição dos elementos, nem do cinza 60% - ou seria 70%? Não importa, não gostei de nada.

Leitura recomendada | Propaganda: Teoria - Técnica - Prática

Links para esta postagem
Um clássico. Assim posso definir com exatidão e sem medo de errar o que este livro representa para estudantes e profissionais de publicidade. E a 8ª edição, revista e ampliada, faz jus a essa definição. Um livro que nos coloca dentro de uma agência de publicidade dinâmica, e mais, um livro que situa os papéis que a propaganda foi ganhando ao longo dos anos. Se você já leu, releia. Se nunca leu, abandone esta resenha e comece a ler imediatamente - isso se você tem paixão pela publicidade. Digo isso porque existe muito pouca literatura aprofundada sobre a criação publicitária, essa é uma delas.

Na obra de Armando Sant'Anna - revista pelo mercadólogo Ismael Rocha Júnior e pelo publicitário Luis Fernando Dabul Garcia - um dos ensinamentos mais marcantes diz que a boa propaganda é aquela que resolve os desafios propostos. Ela não é mágica, não funciona sozinha ou por espasmos. É fruto de processos profissionais de desenvolvimento e de gestão, e quase sempre consequência de longos períodos de investimento, até a construção de marcas notáveis. É importante não confundir pertinência com "mesmice", além disso, a propaganda precisa falar a linguagem de uma geração mais instruída na educação básica, mais objetiva, mais arejada e moderna - e já mais experiente nas relações com o consumo, conhecendo um pouco mais de seus direitos e das mecânicas dos processos de consumo.

Outro tópico que me chamou muito a atenção é o que trata de "promoção de vendas". Hoje, a publicidade leva o consumidor ao produto e a promoção de vendas traz o produto até o consumidor. É importante não deixar a propaganda morrer no ponto de venda, a promoção de vendas deve atuar sobre o consumidor no local da venda. Um restaurante tende a buscar que o cliente permaneça mais tempo dentro do seu ambiente. Observe suas cores e seus padrões. Uma lanchonete fast-food quer que o cliente se decida de uma vez por tudo, consuma e abra espaço para que outra pessoa se alimente. Com certeza, haverá música dinâmica, cores mais fortes, ritmo mais acelerado. Estamos diante de um espaço inesgotável de alternativas.

Para realizar uma perfeita campanha publicitária, é necessário conhecer não apenas o produto a ser anunciado, como também a situação real do mercado em que vai ser vendido. O bom anúncio baseia-se no conhecimento da natureza humana. A publicidade não se limita a uma boa ideia, ela é uma boa ideia que envolve um planejamento de viabilidade para introdução em um ambiente de comunicação, que converge para o consumidor de modo que ele fique envolvido com a mensagem. É necessário entender as mudanças que surgem a cada dia na dinâmica construção da publicidade mundial, em que não mais existem barreiras. A propaganda precisa ser afinada com as tendências sociais e com as motivações humanas para ter sucesso. O posicionamento jamais deve vir depois do anúncio. Isso é sério.

Essencialmente, o publicitário deve ter algo de psicólogo, deve ter uma sólida base técnica, conhecer solidamente os princípios da comunicação e saber as limitações que os diferentes meios de comunicação impõem. Todo anúncio é uma sedução. Pode ser um êxito ou um fracasso, pode ser de bom ou mau gosto, mas não é possível criá-lo com nenhuma técnica que tenha a exatidão como base. Tenha em mendete que não existem linhas objetivas com as quais seja possível medir de antemão a eficácia de um anúncio. O redator deve entender que propaganda não é arte - é uma técnica comercial. Não é feita para ganhar elogios; é feita para ganhar dinheiro para o cliente.

Senhoras e senhores, quando estiverem planejando e preparando um anúncio, tenha diante dos olhos um comprador típico, não pense nas pessoas como massa. Isso lhe dará uma visão anuviada. A publicidade é uma das maiores forças da atualidade, mas ela não é a única força, tampouco age sozinha. Por isso, não seja eclipsado por preconceitos. Acredite, se alguém destapar uma garrafa e aparecer um gênio afirmando que ele tem três desejos, desde que não sejam saúde, dinheiro e amor, provavelmente a maioria das pessoas não saberia o que pedir. Pensem nisso.
::
PPROPAGANDA: TEORIA - TÉCNICA - PRÁTICA - 8ª Edição, Revista e Ampliada
Autores: Armando Sant´Anna, Ismael Rocha Júnior e Luiz Fernando Dabul Garcia

Categoria:
Marketing e Comunicação
Editora: Cengage Learning
Blog da editora
438 Páginas

Image and video hosting by TinyPic
Image and video hosting by TinyPic
:: Clique aqui para comprar

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Isso sim é uma propaganda de margarina de verdade

Links para esta postagem
(Estiloso) - Você certamente já ouviu a expressão: "a felicidade dos comerciais de margarina não existe". E, de fato, não deve mesmo existir (não daquele jeito). Por isso, este belíssimo comercial resolveu por um fim nesse baita clichê e fazer um troço totalmente diferente. Afinal, não são apenas as famílias felizes que consomem margarina. Cáspita!

Submarino sem frete

Links para esta postagem
(Uma pechincha) - Que tal comprar um livro por uma ninharia e ainda não pagar pelo frete? Sim, este é o Submarino e suas incompreensíveis maluquices. Mas não se empolgue, é só por hoje (10 de feveiro de 2011). Por isso, faça como o Forrest: run!

Eu separei alguns títulos, só pra você sentir o drama.
(Clique nas capas para se tele transportar para o site do Submarino)


O Símbolo Perdido

Dan Brown
De: 29,90
Por: 19,90


Querido John

Nicholas Sparks
De: R$ 29,90
Por: 22,90


Encontre Deus na Cabana

Randal Rauser
De: R$ 19,90
Por: 14,90

Nada se cria | 155

Links para esta postagem
(Somos amigos, amigos do peito, amigos de uma vez...) - Bem gay esses comerciais, vale dizer. De qualquer forma, impossível descartar a hipótese do pessoal da W/McCann não ter se inspirado demais no filme da BBDO. Essas coisas sempre deixam uma pequena pulga atrás da orelha. Enviado pelo publicitário Leandro Magalhães, da agência Mercatto.


Virgin Atlantic
Agência: BBDO
País: África do Sul
Ano: 2005


Globo.com
Agência: W/McCann
País: Brasil
Ano: 2011

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Vida de Blogueiro

Links para esta postagem
“Qualquer imbecil pode ter um blog, mas poucos conseguem ganhar dinheiro com ele”. A frase, de autoria do Mr. Manson, é, além de oportunista, absolutamente correta. Todo mundo quer um blog. A visibilidade e o status que a ferramenta ganhou, além do considerável retorno financeiro, fez muito aspirante de comunicador migrar para uma jovem profissão: a de pro-blogger.

Mas o que diabos é um mothefucker pro-blogger?

Bom, pra começar o correto é blogueiro profissional. Mas como vivemos no país onde publicitários fazem job, briefing e brainstorm, ninguém se arrisca a falar português. Pro-blogger é o sujeito que vive apenas da renda de seus blogs. Desde trocados – ou não – do AdSense, passando pelo post patrocinado até os famigerados banners. É um cara que não trata o blog como um hobby ou diário, mas sim como profissão.

As novas profissões chamam a atenção no mercado universitário. Pensando nisso, a FCS produziu para as universidades Unic, Unime, Fama e Pitagoras, integrantes do Grupo Educacional Kroton, uma campanha que tem Rodrigo Fernandes como âncora. O conhecido pro-blogger, em exclusiva produção para Internet, mostra como é a rotina de um profissional.


:: Aproveite que você chegou até aqui e leia também esse post.

Black Beetle no YouTube

Links para esta postagem
(Legalzinho pácas) - Sempre que vejo essas interações com o VosmicêTube acho o maior barato e não exito em pingar aqui. No episódio de hoje, o badalado Black Beetle - também conhecido como Fuscão Preto - comentado aqui dias atrás, faz uma bagunça dos diabos na tela do site entubador. Para ver, clique aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui ou na imagem abaixo - tanto faz. A criação, mais uma vez, é da agência estadunidense Deutsch.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

CCAA - Ou você se garante, ou o Bruce Willis derruba você

Links para esta postagem
(Go!) - Sensacional este filme do CCAA. Certamente a maioria aqui já viu, ratos do YouTube, mas não tinha como deixar de compartilhar - só para constar nos autos. Desta forma, no dia em que este simpático blog deixar de existir - e isso é inevitável - alguém poderá dizer com toda a propriedade: sim, o comercial do CCAA com o Bruce Willis estava lá, eu vi. Mas antes, uma outra observação. Quando vi pela segunda vez, achei uma mensagem meio esquisita embutida nas entrelinhas, mas prefiro não tocar no assunto, a genialidade da ideia abafa qualquer opinião mais cabeluda deste blogueiro que vos posta. E só pra explicar a imagem ao lado, bem, não tem muito o que explicar. É que a cara do Bruce Willis é tão peculiar, mas tão peculiar, que não pude evitar.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Mais polêmico do que criativo | 44

Links para esta postagem
(Vai dar não, pode não, a NBC não deixa não!) - E conforme prometido (e não cumprido) ontem no Twitter, eu resolvi postar este polêmico comercial da ONG PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético aos Animais) que sequer foi ao ar no badalado Super Bowl 2011. Mas isso também não é nenhuma novidade, já que todos os anos as empresas transmitem o multi milionário evento barram os comerciais deste barulhento anunciante. Este ano os magnatas da bola oval consideraram o filme sexy demais, mas também pudera, veja as cenas calientes, muy calientes de um suposto teste de elenco. E não se esqueça que estamos falando de uma veiculação de 3 milhões de dinheiros norte-americanos, já que o vídeo tem mais de 45 segundos. Basicamente, o objetivo da Organização Não Governamental é converter as pessoas ao vegetarianismo e tratar os animais como amigos, jamais como comida.

Se eu fosse você

Links para esta postagem

A agência FCS cometeu a insanidade de pedir que eu escrevesse em seu blog. Falei de cinema - um filme com publicitário, para ser mais exato - e o resultado é esse aqui, ó. Leiam, comentem, espalhem, façam o que bem entenderem - a culpa é toda do @AdelinoNeto.