terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Quanto custa os tais 30 segundos

E já que o post anterior não teve rigorosamente nada a ver com a proposta do blog, aí vai algo mais pertinente - principalmente se você, estudante de publicidade que me lê agora, sonha em ser um profissional de mídia algum dia. Ok, ninguém sonha em ser profissional de mídia. Eu disse, ninguém, absolutamente, ninguém! As vírgulas reforçam a entonação. Mas os números até que são legais.

Lembro da faculdade, quando vi um mapa de mídia pela primeira vez, os valores, CPM 22, GRP, Target, Flight, essa coisa toda que os criativos costumam não se aprofundar muito. Pensava com meus botões: 15 mil por segundo?! Caramba, e sem contar o custo de produção? Coisas que impressionam os calouros de Propaganda e Marketing. Depois a gente começa a entender a conta e percebe que não é tão absurdo assim.

De qualquer forma, tabelei (adoro essa palavra) alguns valores que as nossas principais emissoras cobram para ceder 30 segundos de suas respectivas programações.
 

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Coisas legais de saber | Parte 1

Eu e essa minha velha mania de inventar moda. Sempre que minha mãe me telefona para saber como andam as coisas ela pergunta: e então, filho, que mania você inventou dessa vez? Carrego esse título, devo admitir. Sou o Pardal da família, o cara das engenhocas idiotas. Me meto a fazer de tudo um pouco, sem fazer nada direito. Assim sendo, inventei mais uma aqui para o blog, e a partir desta data porei aqui curiosidades bestas desse mundão véio de guerra.

Tem alguma coisa a ver com publicidade? Seria a pergunta mais lógica nesse momento. E a resposta é um prático e direto "NÃO". Não tem absolutamente nada a ver, nothing, zero. A não ser pelo fato de tratar-se de meras curiosidades, e todo bom publicitário que se preze deve ter uma considerável parcela de curiosidade sobre o mundo em que vive. Além do mais, o blog é meu e eu publico o que bem entender. Não tenho patrocinadores e muito menos um maldito editor me enchendo os pacovás.

Tudo isso desembuchado, vamos ao primeiro post da categoria "Coisas legais de saber" - não, não achei nome melhor para batizar a ideia. Ideia que nem é tão original assim, já que não faltam blogs e sites por aí que publicam compilações sobre as curiosidades da vida, do universo e tudo mais. Outro "foda-se" aqui. Não precisa ser algo totalmente novo para ser legal. Eu, desde sempre, gosto de saber coisas inúteis e igualmente curiosas. Sempre anotava quando lia algo a respeito, outras eu memorizava e soltava para quebrar o clima angustiante de um elevador lotado. Certa vez vez ganhei uma garota graças a uma dessas citações, foi um belo cartão de visitas. Ela me achou o máximo depois que eu disse que os esquimós lavam o rosto com a própria urina e são capazes de reconhecer até 30 tons diferentes de branco. Ok, ela devia estar extremamente carente!

Mas, resumindo: a ideia é compartilhar tudo isso aqui, pelo menos uma vez por semana devo pingar 10 novos fatos curiosos - ou enquanto durar o estoque. Não tem como prever essas coisas; Leia, indique, sugira, compartilhe. Quebre o silêncio dos elevadores!

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Nada se cria | 168

Vendo esses dois comerciais praticamente idênticos eu me embasbaco com alguns talentos humanos. Nem em um milhão de anos eu conseguiria fazer algo sequer perto disso que é mostrado nos vídeos. O máximo que eu consigo é desenhar um porco manco no box embaçado durante o banho. E só consigo porque certa vez assisti a um episódio do de Cháves onde era possível desenhar o suíno partindo das letras E, M, S, W e O. Lembram? Deve ter no Youtube - procurem lá, estou com preguiça.

Lieken Urkorn Bread
Agência: Draft FCB Hamburgo
País: Alemanha
Ano: 2010

Basia Flour
Agência: Desconhecido
País: Polônia
Ano: 2011

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

A Luíza voltou do Canadá, e já gravou um novo comercial

(Ficou escroto) - Lembra que no post da polêmica em torno da Luíza do Canadá eu falei que agência e anunciante deveriam aproveitar os 15 minutos de fama? Pois é, os caras foram rápidos e assim que a garota chegou ao Brasil já correu para um chroma key para gravar o novo vídeo do Boulevard Saint German. Lincaram a estrondosa repercussão com a qualidade do empreendimento - nada muito surpreendente. Eu esperava muito mais de uma oportunidade boa como essa. O texto é previsível, engessado e levemente estúpido - até parece que querem continuar sendo alvo de piadas. 

Neste link tem a matéria do Jornal Hoje da chegada de Luíza e um resumo do que todo mundo já sabe. A matéria vai bem até a metade, depois a Globo caga com suas observações idiotas e incrivelmente desnecessárias.
 

 Evaristo: - Luiza, lá no Canadá tem mamão?

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Luiza no Canadá

Eu não ia comentar o assunto, até porque já até perdeu a graça e tenho certo repúdio à memes. Mas depois de tudo o que vi por aí não me aguentei e cá estou. Refleti a respeito e conclui que tem momentos da história que não tem como não se manifestar. Nós, blogueiros, devemos dar a nossa contribuição de alguma forma - esse é o nosso maldito propósito! E se você chegou agora de Netuno e não está entendendo picas do que estou falando, entenda o caso assistindo ao despretensioso comercial abaixo.



Nem tem muito o que explicar numa situação dessas. O que era para ser só mais um desses clichês do mercado imobiliário ganhou as redes socais de uma forma assustadora. A desnecessidade da frase dita no vigésimo segundo de vídeo foi o suficiente para aguçar a criatividade da blogaiada de plantão. Saiu versão em forró, Plantão da Globo, A queda de Hitler, remix, Lenine, Ai se eu te pego, Fátima tô boba, Game, Frevo, Jogo do Barcelona... Chega! Garimpe no Youtube e Facebook e encontre mais, muito mais! 

Bem, é claro que nada foi de caso pensado, isso me parece bem óbvio, apenas uma cagada que deu muito certo. Pode até ser que o pessoal que criou essa pérola esteja envergonhado do sarro generalizado, da piada que certamente comporá as retrospectivas no final do ano. Mas suponho que o anunciante esteja rindo de orelha a orelha com tamanha repercussão grátis. Se forem espertos e minimamente criativos, devem aproveitar os 15 minutos de fama.

O blog resolveu contribuir com todo esse alvoroço e lançou um pequeno desafio:
Sim, eu sei, isso ficou tosco!

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

A espantosa capacidade de carga de um Fiat Ducato


Empolgante essa ação realizada na Turquia para promover toda a capacidade de carga de um Fiat Ducato. Algumas coisas parecem tão óbvias depois de prontas, não acham? Gostaria de entender por que eu nunca topo com coisas assim quando vou ao supermercado comprar sabão em pó e amaciante. Só vejo aquelas malditas promotoras emburradas empurrando vinho barato goela a baixo dos fregueses.

Se não me falhe a memória - e normalmente ela falha -, a ação mais curiosa que eu presenciei in loco em um supermercado foi a simulação de um acampamento de férias. A ação ofertava marshmallows (é assim mesmo que se escreve?) dentro de um apelo completamente fora do contexto. Um troço americanizado que marginalizava o ridículo. Alguém que devia assistir muitos filmes da já extinta Sessão Aventura, imagino. Lembro que um grupo de escoteiros ficava em volta de uma fogueira assando a guloseima em uma fogueira fake. Tudo muito trash e espantosamente mal feito.

Coisas que deixam você com uma cara mais respeitável

São filmes assim que gostamos de ver por aí. Notaram? Não precisa ser uma mirabolante super produção, nem seguir uma receita de bolo de fubá. Este excelente comercial é só mais uma obra-prima da Leo Burnett, uma das agências que mais conseguem fugir dos terríveis paradígmas inerentes ao mundo da publicidade. Como tuitei ontem: pense fora da caixa!

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Como roubar a tevê mais fina do mundo

Conforme prometido pelo CEO deste blog na semana passada, chegou a hora de sair do ostracismo e iniciar os trabalhos em 2012 - o ano da profecia idiota. Pelas minhas contas e utilizando-se dos serviços de uma calculadora HP 12c com método RPN, calculo que entramos no sexto ano do Louco, não. Publicitário


Pois é, seis anos! Um número marcante, já que este também foi o tempo que durou o episcopado de Euzois em Bizâncio. Ora, vai me dizer que não lembrava?! Curiosamente também é o tempo que dura a gestão de um senador na Austrália e de um presidente no Siri Lanka. E se pensarmos bem, seis anos foi o tempo que a Alemanha sob o governo do Partido Nazista mudou-se de um país totalmente corrupto e pobre para uma superpotência mundial. Isso te lembra algum comercial?

Divagações estúpidas em volta do sexênio à parte, quero pregar aqui que a ideia para este novo ano é de continuar aumentando a nossa comunidade publicitária nessa Internet véia de Deus. Também almejamos abrir filiais em três continentes e inaugurar um escritório na Califórnia e outro ali na região do Ártico. De quebra, pensamos em sortear cruzeiros de luxo pela costa italiana e carros esportivos entre aqueles que mencionarem o blog nas redes sociais. Acho que essas são as principais pretensões, se não me falhe a memória. 

Isso tudo dito, vejam que maravilha de viral criou a agência Y&R Amsterdam para promover a televisão de tela plana da LG. Dizem que trata-se da tevê mais fina do mundo. Repare que no começo do vídeo nada faz muito sentido, é apenas um sujeito estranho que parece estar incomodado com as câmeras de segurança de uma loja de eletrônicos. No fim tudo se revela e você se sente mal por não ter pensado nisso antes. Espero ver mais coisas assim em 2012.